Para você, que tem medo de envelhecer

Imagem: Alexander Yakovlev
0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Daqui a poucos dias é meu aniversário.

Nunca imaginei que passaria por esta coleção de emoções relacionadas a um único tema: fazer quarenta anos.

O som desta frase reverberando na minha cabeça não é nada comparado a todas as neuroses que vieram acompanhadas quando me olhei no espelho e me vi diferente daquela pessoa que eu sempre fui. Sim, não tem como dizer que eu ainda tenho vinte e poucos anos. Esta que eu sempre fui, esta que eu ME SINTO como ainda sendo.

Minha tia me disse que não era pra eu sair contando aos quatro ventos que eu estou fazendo QUARENTA anos. Ela e minha mãe (eu fui criada por mulheres muito lindas e muito vaidosas) me ensinaram a esconder a idade: idade é pesado, não se contam aniversários, sempre colocamos velas a menos.

Aniversario--300x191

Acontece que eu me sinto ótima e me atrevo a dizer que essa é a melhor fase da minha vida, e acho este fato muito relevante para estar escondido dentro de mim. Por isso conto aos quatro ventos!

Junto com a idade vem a maturidade, e isso, minha amiga, isso é priceless. Isso é só meu e ninguém nunca jamais tascará.

Maturidade quer dizer calma.

Maturidade quer dizer experiência.

Maturidade quer dizer ser feliz com toda sua celulite, bordas de catupiry (flancos), pernas cabeludas, sombrancelhas para fazer e unhas descascadas.

Maturidade quer dizer sair de havaianas quando achar que faz calor e ir buscar seus filhos de pijama na escola quando achar que está confortável.

Maturidade é saber que você não sabe tudo e tudo que sabe é suficiente para que tudo fique bem.

Enquanto isso, tenho minha filha adolescente que me ensina novas palavras do dicionário whatssapiano e minhas amigas para me levar numa balada e me fazerem “xoven” enquanto ainda não me cansei das baladas.

Então, este ano, resolvi que iria passar comemorando todos os dias.

Comemorando minhas manchas, minhas rugas, meu cansaço, minha saúde mais frágil, minha paciência ou a minha falta de paciência.

Comemorando meu cérebro estar mais afiado que nunca, pronto para abrir mais portas e acessar mais conhecimento. Só que desta vez com consciência, com propósito. Com leveza e gratidão.

shadow-300x175

A sensação que eu tenho é que eu estava até agora na subida da montanha russa e que agora é pra valer, pode vir descida radical, looping duplo e até…

.. até voltar atrás para retirar aquilo que eu disse, pensar de outra maneira, e me reinventar. Eu posso.

Como parte da minha comemoração, te convido a deixar de lado o medo da sua idade, o medo de ser “velha”, de ficar para trás, de desatualizar.

Tudo isso é inevitável. Como você vai viver tudo isso, aí sim está o elixir da vida. Como. Não quando, nem quanto. Como.

Feliz quarenta anos para mim e para você.

Somos bonitas demais para temer a idade. Esse bicho papão não me pega mais.

Texto escrito e gentilmente concedido por: Karina Barretto (encontrocomproposito.com)

Publicado originalmente: Médium

Título original: Para você, que tem medo de envelhecer

Comentários