O que realmente me incomoda aos 60 anos

Imagem Pixabay
3 Flares Filament.io 3 Flares ×

Neste exato momento que escrevo tenho 60 anos, 6 horas e 12 minutos…Ops agora 13 minutos.

Alguns amigos meus, e meu próprio pai, não comemoraram este aniversário. Sei por experiência que envelhecer realmente e um privilégio que muitos não conheceram.

Considerando alguns erros que cometi é bastante louvável que ainda esteja aqui, vivo e desfrutando de boa saúde, na companhia de pessoas que amo.

Nesses 60 anos aprendi (algumas vezes na porrada), muita coisas, e gostaria de compartilhar alguns pensamentos, se me permitem…

.

# Em uma era de tantas tecnologias, onde todos os aparelhos cabem praticamente na palma da mão, a comunicação entre as pessoas é constante, em alguns casos – quase obsessiva. Mas sinceramente as pessoas estão perdendo a habilidade de falar cara a cara, de observar gestos, olhares, a feição da pessoa à sua frente, suas reações. Muitos se esqueceram do poderoso e delicado prazer de olhamos uns aos outros.

.

#  Precisamos urgentemente voltar a privilegiar notícias verdadeiras, não estes montes de lixos, especulações e distorções ofensivas, sarcásticas e pré-conceituosas espalhadas aos sete ventos. Todo mentira ajuda a envenenar ainda mais nossa sociedade.

.

# Necessitamos voltar a pensar mais em qualidade que em quantidade, em tudo: produtos, serviços, férias, amigos… Reencontrar o equilíbrio, a moderação e simplicidade. O único excesso em nossas vidas deve ser de amor, alegria e risos.

.

Leia também: 5 virtudes que os homens adquirem com a idade.

.

# Acredito que devemos treinar continuamente nossa civilidade, falar e ouvir opiniões diversas, pontos de vistas diferentes, crenças e convicções sem agredir, ofender e criticar. Vejo pessoas de todas as idades, contemporâneos meus cada vez mais egoístas, mal educados e reclamões.

Vivíamos com a falsa impressão que tudo estava bem, sabíamos que era questão de pouquíssimo tempo para que a crise fosse devidamente noticiada, e a cada nova crise, dentre outras que virão, necessitamos rever os valores reais de nossa sociedade, valores que são a base de um alicerce profundo: civilidade, compaixão, ética e empatia. Chega de eu isso, eu aquilo…somos nós uma nação, Nós juntos!

.

# Pessoalmente, espero que este rapaz que minha filha apresentou não se torne meu genro. É triste ver como ele mistura meu whisky bourbon com coca-cola!! Eu ficaria muito feliz com um netinho, mas este aí, dificilmente vai chegar a minha idade…

.

Imagem-Intensitude-300x172

Imagem Pixabay

.

Bem, este foi um brevíssimo resumo de um homem que está nesta jornada chamada vida. Mas me recuso a ser denominado como uma pessoas na melhor ou terceira idade. Dúvido que chegarei aos 120 anos, 12 horas e 24 minutos… Então esta tal melhor idade é invenção de publicitário que não entende que só se determina a metade de um todo, e eu, felizmente ainda estou no percurso.

Apesar da minha certidão marcar lá o dia, o mês e ano do meu nascimento, não tem nada falando da data da minha morte.

Ainda estou aqui, com meus 60 anos – firme, trabalhando, aprendendo, ensinando, escrevendo, provocando e também corrigindo minhas falhas. Tentando à todo custo ser uma pessoa melhor para este mundo.

.

Fred Noronha.

.

Diga o que você achou deste depoimento, escreva abaixo pra gente saber!  

Comentários