Fazer novos amigos aos 40,50 + anos – 7 soluções simples!

2 Flares Filament.io 2 Flares ×

Tenho no meu Fecebook mais de 2 mil “amigos”, já no Instagram sigo mais 400 pessoas, no Pinterest uns 150. São exatos: 2.550 “amigos”! Mas quando verifico no meu celular tenho 73 contatos, e apenas 5 na discagem automática: meu companheiro, minha filha, minha mãe e dois amigos.

As redes sociais são um oceano de “amizades”, jamais conheceríamos tantas pessoas se não fosse no campo on-line, cada novo amigo virtual aceito, faz crescer um pouco, nossa incapacidade de fazer amizades reais.

Os dados são científicos – Pesquisadores da Universidade de Oxford e da Academia Nacional de Ciências, publicaram na Revista Proceedings: “…As mídias sociais aumentam nosso rol de “amigos”, mas limitam nossa capacidade de criar conexões verdadeiras de amizade”

Todos nós temos um número pequeno de amigos íntimos, seguido por um número maior de conhecidos, e uma imensa quantidade de pessoas desconhecidas que acompanhamos nas redes sociais.

Leia também: O que realmente me incomoda aos 60 anos.

Há 20 anos atrás, estava perfeitamente satisfeita cercada de pessoas que compartilhavam os mesmos interesses. Hoje, estou muito mais interessada nas historias, nos valores, nas atitudes, e no tamanho de seus corações das pessoas, que apenas seus gostos musicais.

 

FAZER-NOVOS-AMIGOS-AOS-4050-ANOS-–-7-SOLUÇÕES-SIMPLES1-1-191x300

 

Tão importante que manter os amigos já existentes, é expandir nossa capacidade de fazer novas amizades e novos vínculos. As vezes temos que repor amizades que perdemos ou se afastaram por diferentes motivos: alguns se casam e se distanciam, outros separam e tomaram outro rumo, mudam de cidade, alguns de atitude, até mesmo de valores que acreditávamos terem.

As amizades tem seu começo, meio e fim, é um processo natural e precisamos aceitar.

Alguns lembretes são importantes para nos conectarmos a outras pessoas, a primeira delas é bastante simples:

 

1 – Deixar os preconceitos e idéias pré estabelecidas. Julgar as pessoas restringe a possibilidade de uma amizade improvável, que pode surpreender, e não há nada mais bacana que ser surpreendido, não acha?!

 

2 – Aproveitar, mesmo que “forçadamente” os colegas de trabalho, com interesses e problemas semelhantes neste ambiente, você poderá conhecer melhor as pessoas com que passa boa parte do seu tempo.

 

3 – Para os que tem filhos em idade escolar como eu, ou netos, sabemos que eles sempre nos dão a possibilidade de fazermos amigos, são festinhas, encontros e uma vida social que constantemente nos põe em contato com novas pessoas, que compartilham alguns interesses em comum.

Leia também: Tempo vilão ou herói na sua vida?

4 – As confrarias favorecem a socialização e novas amizades, elas estão espalhadas por todos os lugares em diferentes temas: vinhos, cervejas, poesia, literatura, música, viagens, aventuras… para cada tema há um grupo cedendo por novos integrantes, novas idéias e amizades.

 

5 – Procure por cursos, saia da rotina e invista em algo que você gosta. Com certeza encontrará pessoas abertas ao diálogo, a troca e amizade. Fiz um curso de sommelier a uns anos atrás, além de aprender muito, algumas amigos feitos lá estão ao meu lado até hoje.

 

6 – Puxe assunto com a sua rede de amigos virtuais. Realisticamente não sabemos qual deles vive no mesmo país, cidade ou mesmo bairro que o nosso. Se aprofundar um pouco das pessoas que já estão conectadas conosco é uma forma simples de fazer novos amigos. Novas amizades surgem assim, de maneira improvável.

 

7 – Pratique esportes e atividades físicas, uma, duas ou quantas vezes por semana puder. Será excelente não apenas para o seu corpo e mente, mas para conhecer novas pessoas que darão uma dica aqui e ali, incentivos e bate papo antes e após o treino.

 

Alguns desses novos contatos evoluirão naturalmente para amizades verdadeiras, substituindo em alguns casos, amigos que perdemos. Não esqueça, sempre que conhecer alguém interessante, com potencial para ser um novo amigo, seja rápido e sugira um café. As amizades fluem naturalmente.

.

Ana Claudia

 

Criamos o Intensitude para estimular o diálogo, trocar novas idéias e compartilhar histórias – que são à base de nossa amizade. Compartilhe a sua opinião, tenho certeza que tem muito à acrescentar!

Deixe seu Comentário